“Palestra-exposição” de Numo Rama abrilhanta a Jornada de Estudos do Texto e do Discurso (JIED)

Além da exposição, o evento exibirá um documentário sobre a vida e obra do fotógrafo

Numo Rama, fotógrafo pernambucano e um dos nomes expressivos da fotografia contemporânea, fará exposição e palestra no dia 22 de março, além da exibição de documentário sobre sua vida e obra, no dia 23 de março, na Universidade Estadual de Maringá (UEM). A mostra integra a programação da 4ª JIED – Jornada Internacional de Estudos do Discurso e do 3° Encontro Internacional da Imagem em Discurso (EIID), iniciativa dos Grupos de Pesquisa vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Letras (Mestrado/Doutorado) da UEM.

Intitulada Geometria Tátil, a exposição permanecerá durante todo evento, nos dias 21 a 23 de março, na Biblioteca Central (BCE) da UEM. No dia 22 de março, Numo Rama fará uma palestra às 14h, no auditório Walter Pellegrini, bloco G-34, e em seguida fará uma visitação à exposição junto com o público. A JIED será fechada com a exibição do documentário, O Plantador de Sonhos, produzido por Tuta Piné.

Biografia: Numo Rama

Numo Rama

Numo Rama entrou para o universo da fotografia quando morava em Portugal, em 1991, e nos anos que se seguiram se tornou-se um fotógrafo de rua conhecido em Lisboa. Além de Portugal, passou por países como Dubai, Indonésia, Timor Leste desenvolvendo seu olhar para temas sócio-políticos. Nos anos 2000 voltou para o Brasil e fixou residência em Natal. Em 2004 foi premiado no 4º. Prêmio Porto Seguro de Fotografia, São Paulo e já realizou exposições no Brasil, França, Suécia e outros países.

Sinopse: Plantador de Sonhos
Tuta Piné

Numo Rama é um artista que vive em seu rancho no interior do Rio Grande do Norte, fronteira com a Paraíba. Conhecido no Brasil e no exterior por seu trabalho fotográfico, Numo Rama é um ícone da fotografia documental brasileira contemporânea, com obras que falam do drama da vida no sertão, dos seus flagelos da seca e o descaso do Estado em oferecer oportunidades a esta região do país onde o artista nasceu e cresceu.
Usando de uma linguagem singular na estética fotográfica contemporânea, suas imagens denunciam uma realidade muitas vezes estereotipada pela grande mídia nacional, mas diferente do discurso oficial, Numo Rama traz em suas imagens hiper-realistas e em seu discurso a esperança que o fez sempre acreditar num povo e numa cultura que sempre norteou sua existência e que todos teimam em rotular de miserável. O documentário “O plantador de sonhos” é um diálogo com este artista e algumas de suas obras, produzido por Tuta Piné.

Serviço
Palestra-exposição: dia 22/03, às 14h, auditório Walter Pellegrini, bloco G-34 e BCE. Exposição: dias 21 a 23/03, durante o horário de funcionamento da BCE, das 7h30 às 22h30. Documentário: dia 23/03, após a conferência de encerramento da Prof.ª Dra. Margareth Rago, no auditório Walter Pellegrini.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *